20160619_140849Primeiramente gostaria de dizer que só em começar esse post já me bateu saudades do final de semana na Pousada Bicho Preguiça, quero que todos vocês tenham a oportunidade de conhecer lá também, foi muito maravilhosa a nossa estádia.

Chegamos sexta-feira à noite, após uma viagem longa até Angra, mas logo nos animamos ao entrar no local. Fomos logo conhecendo nosso quarto, e escolhemos o quarto número 3, que tem uma varanda menor, mas uma vista mais limpa e absurdamente linda para o mar e o deck da pousada. Gostei tanto da vista que preferi uma varanda sem rede e com uma vista melhor, e para mim foi um acerto.

Nosso quarto era de casal, mas visitamos todos os outros modelos de quartos e mesmos os mais simples são super recomendáveis, todos muito bem cuidados e bons. A nossa foi a suíte superior.

Depois de conhecer o nosso quarto fomos jantar, a pousada disponibiliza o Menu para jantar e almoço, escolhemos nosso jantar de bobo de camarão (R$115,00), que no cardápio dizia que servia duas pessoas, mas no final cada um de nós comeu mais de 3 pratos, serve, sem dúvidas três ou quatro pessoas. Tomamos cervejas também(R$12,00/cada), apesar do frio dos 17 graus que batia de frente pro mar. O bobo só não foi melhor que o da minha mãe, mas foi um dos melhores que já comi, e eles tem uma pimenta caseira que tem que ter cuidado, é muito forte, mas muito boa, quem nos serviu avisou no primeiro momento pra ir devagar com ela, ainda bem, hahaha.

Nosso cantinho favorito para as refeições foi na mesa de fora de frente pro mar, mesmo na brisa fria daquela noite estávamos as luz de velas,céu estrelado e uma lua quase cheia, tudo foi tão especial, chegamos com o pé direito, definitivamente.

20160617_205549

20160617_205822

Logo depois fomos descansar para acordar cedo na manhã seguinte e aproveitar o dia.

Quando acordei era cedo, quase 6:30 da manhã e logo fui correndo pra varanda pra ver como estava o tempo, na torcida de poder aproveitar o sol. Mas não estava, mas não importou, consegui ver a beleza da nossa localização, a qual não tinha noção de noite, os míopes me entendem, e sem dúvidas a escolha do quarto caiu bem, mesmo sentindo falta do conforto da rede(quem foi criado em rede é muito difícil negar uma), a vista recompensou e mesmo com o tempo fechado eu peguei as cobertas que achei no quarto, levei meu computador, peguei um banquinho e fiquei lá fora trabalhando escutando o mar e os animais acordarem. Eis que eu avisto uma cabecinha perto do deck da pousada, UMA TARTARUGA. Comecei a pular quase na tentativa dela olhar pra mim, mas depois de me acalmar comecei a perceber que não só uma mas 3 estavam por lá. Eu sou muito apegada aos animais, e aquele momento foi muito especial pra mim, só tinha visto uma tartaruga no mar quando era criança, voltei a me sentir da mesma forma que daquela época, ê sentimento bom. Mal eu sabia que teria uma surpresa muito mais incrível no dia seguinte…

20160618_064645

Descemos para tomar café ansiosos para uma melhora do tempo, que infelizmente não aconteceu, mas também não atrapalhou em nada nos nossos planos.

Que café gostoso! Da pra sair da dieta, da pra ficar na dieta, da pra tudo. Sempre pedíamos tapioca com queijo branco, salada de frutas com iogurt, café com leite, sucos, bolo…

20160619_080716 20160619_080801 20160619_080744 20160618_091536 20160619_081359 20160619_081751 20160619_081741 20160619_081552 20160619_081558 20160619_081603 20160619_081538

Tudo muito gostoso e fresco, aproveitamos os dias para comer bem de manhã porque passávamos quase a tarde inteira fazendo Stand Up, essa foi uma das melhores partes.

Eu NUNCA tinha feito Stand Up, acredita? As pranchas e caiaque estão inclusos na diária, você só precisa garantir de pegar mais cedo e aproveitar antes que os outros hóspedes acordem e queiram o mesmo que você. haha!

Enfim fiquei um pouco com medo no começo e fiquei um tempo sentada antes de levantar, tomei coragem e fui. O mar estava um pouco mais movimentado, mas até que me sai bem, ficamos mais de uma hora conhecendo a área, só se precisa ter cuidado com as pedras, de resto? Se joga! Descobri uma paixão que preciso aproveitar no Rio, Stand Up. Depois de um bom tempo fomos pro caiaque, já estávamos cansados, mas fomos até uma ilha que fica perto da Pousada , cansou muito mais que o Stand, ahahaha.

Sem título

foto @godronebrasil

Sem título

foto @godronebrasil

Sem título

foto @godronebrasilSem título

foto @godronebrasilSem título

foto @godronebrasil

Sem título

foto @godronebrasil

20160619_114607

Voltamos e almoçamos no hotel, pedimos um prato executivo, que era por volta de 39 reais, vinha arroz, feijão, batata frita e carne ou frango. Estava ótima a comida novamente!

Aproveitei o resto da tarde para trabalhar, tirar fotos, fazer muitos snaps (rj.trip). À noite descemos para aproveitar uma parte da pousada que tem mesa de sinuca, dama e outros jogos. A vista é absurda ali também, bem do lado das pedras, você vê o mar batendo e aquele clima gostoso de paz.

20160618_205129 20160618_214958

Estávamos cansados e fomos para o quarto, pedimos pizza em uma indicação do hotel de pizzaria, esperávamos ela assistindo “Naufrago”, um dos filmes que estavam disponibilizados no nosso quarto. Não gostamos muito da pizza, mas quebrou o galho, fazia um pouco frio(mais ou menos 17 graus) e o quarto fica bastante gelado, então foi realmente prazeroso assistir filme agarradinhos comendo pizza, mesmo que ela não fosse tão boa(pelo menos tinha borda recheada! R$40,00), haha.

No domingo acordamos mais cedo para tomar café porque só ficaríamos no máximo até às 15h no hotel. Depois do café maravilhoso novamente corremos direto pro Stand Up.

Um funcionário da pousada nos indicou procurar tartarugas perto do local onde a Marinha fica, não é longe do hotel, da uns 15 minutos remando. Logo quando pegamos as pranchas já demos de cara com um cardume de peixes grandes, fiquei um pouco com medo, confesso, mas bobeira minha, foi uma experiência incrível, além de que a água estava ficando cada vez mais clara.Eis que a melhor coisa que poderia acontecer, aconteceu. Abriu um sol intenso de 10 minutos e MUITAS tartarugas começaram a aparecer, muitas! Eu fiquei louca de animação, elas estavam tão pertinho. O segredo é chegar de mansinho se não elas fogem, pare de remar e deixar elas passarem. Foram muitas, umas 8, e todas passaram por debaixo da minha prancha, a vontade era de pular e pegar alguma, mas me controlei e lembrei que o bom da natureza é a admiração, não o apego, controle. Foi um momento muito especial.

20160619_115105

Voltamos para o hotel já arrumando nossas coisas com muito dó no coração, a vontade era de ficar mais uma ou duas semanas. O sol aparece com tudo, largamos nossas coisas e fomos aproveitar o solzinho, que não durou muito, mas o suficiente pra alegrar mais nossa visita.

20160619_115926

Depois de muito apertar o coração nos despedimos e deixamos a Pousada. Almoçamos em um shopping perto antes de pegar a estrada.

20160619_120023 20160618_170613   20160619_114632 20160619_114732   20160619_114813  20160619_114846  20160619_114859    20160619_120503  20160619_133644 20160619_124710 20160619_124731 20160619_124738

20160619_115647

Só lembranças boas, que hoje já deixam saudades.

Tenho algumas observações pra vocês sobre nossa experiência:

  • O Táxi da rodoviária até o hotel da por volta dos 25 reais
  • Vale à pena alugar um carro para ficar por lá, os ônibus até Angra demoram muito, fazem várias paradas, e não tem como saber quais ônibus vão ou não fazer essas paradas.
  • Há bolo, café e água o dia inteiro servidos para os hóspedes, mas o Menu de almoço e jantar são à parte.
  • Vale à pena comer fora porque os preços da pousada pra duas pessoas pode ficar pesado, mas uma coisa eu posso afirmar, a comida da pousada é bem melhor do que a gastronomia de Angra oferece, a cozinheira é ótima. Recomendamos o bobo, muito bom, e MUITO bem servido.
  • O quarto fica bastante gelado, mas o banho tem uma ducha forte e o secador de cabelo é melhor que o meu que tenho em casa,  super potente e bom.
  • Se permita a fazer Stand Up e vá atrás das tartarugas.
  • Acorde cedo que você pode dar sorte de ver as tartarugas do lado da pousada como eu dei.
  • Alimente os peixes que chegam por volta das 11 horas pertinho do hotel, eles estão acostumados a vir. É só pedir ou guardar pão francês do café da manhã.
  • Você pode manter sua dieta por lá, há vários pratos de saladas e tapioca no café.
  • Há uma área com bola de pilates, halteres, mas eu só fui descobrir no final, mas tudo bem.
  • Além do stand up, caiaque, eles ainda tem parceiros para mergulhos e passeios de barco, além de snorkel.
  • Há várias áreas para descanso e lazer no hotel, desfrute e tire várias fotos.
  • Parece que você está em casa, talvez porque antes de virar pousada o local era e ainda é, casa de um casal muito simpático.
  • Você não vai querer ir embora, e no mínimo vai precisar voltar.

Os taxistas da rodoviária já conhecem a pousada, na sua maioria, e exatamente o que pegamos na nossa ida e nos disse(depois que perguntei o que ele achava da pousada) que se você quer um local pra fazer “higiene mental esse é o lugar”, e realmente, esse foi o lugar. É exatamente esse sentimento.

Se você tem interesse na pousada é só entrar no site deles: http://www.casadobichopreguica.com.br/ .

Lá você pode ver todos os quartos, preços e tirar as duas dúvidas.

Telefone para reservas: 

(24) 3365-1579
Instagram deles@casadobichopreguica

Juro pra vocês, é um dos melhores lugares que estou indicando desde do começo do blog, vale tanto à pena, o lugar é tão mágico, mesmo com a falta de sol não poderia ser mais perfeito do que já foi.

Obrigada por nos receberem, foi incrível, quero voltar 500 vezes pro nosso quartinho número 3!

Saudades já.

Comments

comments